Brincadeiras para idosos: uma ótima alternativa contra a ociosidade

Publicado em 21 de outubro de 2020
Brincadeiras para idosos: uma ótima alternativa contra a ociosidade

As brincadeiras para idosos têm sido uma grande busca ultimamente. Isso acontece pois é muito comum vermos idosos ociosos durante a maior parte do tempo, sem terem atividades para fazer e para se distrair.

Infelizmente, essa ociosidade pode gerar grandes problemas como depressão, baixa autoestima, distúrbios mentais, entre outros. 

Então, as brincadeiras, sejam individuais ou em grupo, podem ajudar a resolver esse problema.

Benefícios das brincadeiras para idosos

São inúmeros os benefícios que as brincadeiras podem trazer para os idosos. Melhorar a autoestima, aprimorar habilidades, aumentar a capacidade mental, estimular a comunicação e interação social e, principalmente, afastá-los do ócio e sedentarismo. 

Normalmente, o idoso que está com algum problema maior não tem vontade de participar de dinâmicas, porém a ideia das brincadeiras é ser um momento de descontração em que ele(a) aproveita e se envolve emocionalmente. Por isso, as brincadeiras para idosos são bem lúdicas, algumas utilizam música ou situações que faça-os lembrar de memórias boas. 

Brincadeira para idosos podem ter diversas finalidades, como ajudar na socialização, problemas emocionais, falta de memória, entre outros.
Brincadeiras para idosos são muito benéficas, seja em individual ou em grupo.

Além disso, as brincadeiras também ajudam em problemas físicos, visto que muitas trabalham a locomoção. Assim, o idoso deixa de estar tão sedentário. 

Dicas de brincadeiras para idosos em grupo

Cada uma das brincadeiras listadas a seguir tem um objetivo maior por trás do título de “tirar o idoso da ociosidade”. Algumas trabalham a mente, outras a comunicação e outras a parte física. Confira a seguir.

O papel colorido 

Nessa dinâmica, o condutor pede para que os idosos fechem os olhos e pensem em sentimentos que vierem em suas mentes naquele momento. Enquanto isso, o condutor coloca várias tiras de papel de cores diferentes em cima de uma mesa.

Então, os idosos devem abrir seus olhos e escolher uma tira de papel com a cor que ilustrar o sentimento que eles pensaram. Eles são separados por cores. Nos subgrupos, eles devem conversar sobre os sentimentos pensados. 

Depois de um tempinho, eles voltam ao grande grupo onde vão trocar experiências e relatar o que sentiram. 

Essa brincadeira tem como objetivo a troca de experiências, o incentivo para falarem seus sentimentos e emoções e ainda criar uma interação entre os participantes, que pode levar a uma amizade após a brincadeira. 

Jogo da memória viva

O jogo começa com o condutor colocando objetos dentro de uma caixa e reunindo os idosos em um círculo. Em seguida, a caixa vai sendo passada de mão em mão e cada idoso deve pegar um objeto, dar-lhe um nome e colocá-lo em cima da mesa. 

Depois que todos pegarem um objeto, agora é o momento de devolver os objetos para a caixa, falando os nomes que eles receberam. 

Após esse momento, o condutor entrega papel e caneta para cada um dos idosos e eles devem escrever o maior número de objetos que conseguirem lembrar. No final, o condutor vai tirando novamente os objetos da caixa para a conferência. 

Esse jogo é um grande estimulador da memória, e é interessante para os idosos devido às dificuldades que enfrentam à medida que envelhecem. 

Dinâmica da dança

A brincadeira começa com o condutor pedindo que se formem duplas. Quando a música começar, eles devem dançar e conversar por um minuto, falando seus nomes, idades, onde nasceram, o que gostam de fazer, etc. 

O condutor para a música por um instante e pede para que troquem de dupla. Ao iniciar a música novamente, eles devem começar a conversa novamente com o novo parceiro.

Essa brincadeira tem mais de um objetivo. Ela estimula a movimentação corporal, assim como a interação entre os participantes, perda de timidez, comunicação verbal e não verbal.

É uma ótima dinâmica, pois o idoso percebe que não está sozinho e que ainda pode conhecer várias novas pessoas e se divertir. 

A importância das brincadeiras para idosos

Todas essas brincadeiras para idosos mencionadas são excelentes formas de trazer mais qualidade de vida para o idoso. Eles se sentirão mais jovens, com mais vontade de viver e se divertir, e terão menos problemas de saúde. 

É muito importante levar o idoso para dinâmicas em que ele se sinta confortável e em lugares que se sinta bem, assim a adaptação e a aceitação será melhor e mais fácil. 

Até mesmo porque cada pessoa vive a terceira idade de maneiras diferentes, então é necessário saber se o idoso está feliz com as novas atividades. 

Com certeza, essas brincadeiras para idosos foram desenvolvidas já pensando em fazer uma diferença na vida das pessoas de idade avançada. A ideia é que eles sintam esse momento como uma quebra na rotina e esperem ansiosamente pelo dia da brincadeira chegar. 

Além disso, os dias em que não tiverem brincadeiras, os idosos irão querer conversar sobre o que fizeram nas dinâmicas, eliminando mais momentos onde a ociosidade iria prevalecer. De todas as formas, as brincadeiras para idosos trazem muitos benefícios para eles. 

Compartilhar