Idosos e tecnologia: uma relação que só traz benefícios

Publicado em 23 de outubro de 2020
Idosos e tecnologia: uma relação que só traz benefícios

Passou-se o tempo em que diziam que idosos e tecnologia não eram amigos. Hoje em dia, as pessoas da terceira idade estão cada vez mais empenhados em aprender sobre as tecnologias e utilizá-las no seu dia a dia. 

Pesquisas mostram que, atualmente, os idosos estão muito mais interessados em aprender as novas tecnologias, diferente do passado em que diziam que idosos e tecnologia não se entendiam. 

Essa mudança acontece pois tornou-se notável o impacto positivo que a tecnologia causa na vida dos idosos. O que antes era visto como uma dificuldade, hoje eles veem como uma facilidade no cotidiano, por isso estão interessados em atualizar-se. 

Idosos e tecnologia: uma relação estreita

Como mencionamos, a tecnologia causa impactos muito positivos na vida do idoso. A qualidade de vida e a longevidade da população aumenta consideravelmente à medida que novas tecnologias são lançadas.

As tecnologias promovem o sentimento de capacidade e independência, fatores que se tornam menores quando a pessoa envelhece. 

Para eles, se manter atualizado significa uma rotina mais fácil, já que o mundo tecnológico oferece diversos recursos para atender as necessidades de cada um.

Com certeza, existem pessoas idosas que não conseguem ou não querem se adaptar às novas tecnologias. Entretanto, isso talvez seja devido a falta de treinamento, clareza nas instruções ou apoio durante o aprendizado. 

É interessante que essa adaptação seja tranquila e que o idoso se sinta confortável.

Benefícios: O que a tecnologia oferece de bom para os idosos

São muitas as áreas que se beneficiam quando a tecnologia está presente. Vamos mostrar algumas delas. 

Saúde

Existem milhares de dispositivos que ajudam a monitorar remotamente a saúde e que avisam os familiares e médicos quando algo está errado. 

Tais equipamentos são tão eficientes que também ajudam na saúde mental do idoso, que não precisa ficar se preocupando à toa. 

Independência 

Já falamos sobre a independência no início deste texto, mas vale falar novamente. Utilizando aparelhos tecnológicos, o idoso consegue realizar suas atividades sem ter que pedir ajuda aos familiares ou cuidadores.

Essa autonomia motora faz com que eles se sintam mais motivados e até ajuda em outras áreas da vida do idoso. 

Vida Social

Segundo estudos, pessoas da terceira idade que utilizam a internet têm menos a chance de desenvolver depressão. Isso acontece pois nas redes sociais eles encontram outras pessoas para conversar, se distraem com conteúdos interativos e não se sentem tão sozinhos.

Pessoas idosas gostam de conversar, ver fotos, assistir vídeos e compartilhar suas experiências e o mundo da internet é o lugar perfeito para isso. 

Dicas de tecnologias que ajudam os idosos

Acima falamos das áreas que são beneficiadas com o uso da tecnologia e agora vamos dar dicas de aparelhos e recursos inteligentes que podem facilitar a vida da pessoa idosa.

Smartphones e Tablets

São recursos muito importantes para a inclusão social, segurança e divertimento do idoso. Além de trazer mais vida social, os celulares também possuem recursos de localização, proteção e monitoramento. 

Aparelhos Auditivos

Estes já são tão comuns no dia a dia que até esquecemos que também se trata de uma tecnologia. Esses aparelhos ajudam na perda ou falta de audição e estão cada vez mais tecnológicos. Contam com internet, bluetooth e ajustes de ruídos que auxiliam bastante o idoso.

Assistentes Virtuais

Seja Google Assistente, Siri ou Alexa, as assistentes virtuais trazem muita facilidade para o cotidiano. Elas podem atender comandos básicos como ligar para alguém, enviar mensagens ou fazer pesquisas. 

Além disso, também conseguem comandos mais elaborados como ligar e desligar aparelhos, mudar o canal da televisão quando estiverem em ambientes com automação. 

Sensores de Queda

Em formato de pulseira, os sensores de queda são aparelhos que conseguem identificar quando o idoso está prestes a cair. Através de um alerta, o aparelho pode enviar notificações aos familiares do idoso, informando-os o que aconteceu.

Idosos e tecnologia: uma boa adaptação é a chave

Sem dúvidas, a relação entre idosos e tecnologia já é e pode ser cada vez mais frequente e positiva, pois aumenta consideravelmente a qualidade de vida e traz muitos outros benefícios. 

Para uma adaptação e relação ideal entre os dois é importante que a família identifique os recursos mais adequados de acordo com a condição física e mental de seu familiar querido. 

Além disso, lembre-se: é preciso cautela e paciência durante a adaptação, de forma que a tentativa de dar acesso às tecnologias não se tornem uma frustração para o idoso. Quando feita com calma e com o suporte da família, o resultado certamente será positivo.

Compartilhar