Perguntas Frequentes sobre Casas de Repouso

Tire todas as suas dúvidas sobre casas de repouso para seus pais idosos ou outro familiar querido.

Com uma solução completa para idosos que inclui moradia, alimentação, cuidados e atividades sociais, muitas famílias buscam opções de casas de repouso em que seus familiares idosos possam envelhecer com tranquilidade e conforto. Ao considerar as alternativas de moradias que existem em sua região, você pode ficar com algumas dúvidas. Aproveite deste artigo com as perguntas mais frequentes e tire todas as suas dúvidas sobre moradias para seus pais idosos.

5 perguntas frequentes sobre casas de repouso

Quais as diferenças entre casas de repouso e outros tipos de moradias para idosos?

Hoje, no Brasil, existem três principais tipos de moradias para idosos, também chamadas de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs): casas de repouso, residenciais para idosos e clínicas geriátricas.

As principais diferenças dentre estes três tipos de moradias se dão em sua infraestrutura, equipe de cuidado e perfis de idosos que atendem. As casas de repouso possuem uma infraestrutura menor, podendo atender até 40 idosos. Na média, possuem capacidade para cerca de 20 idosos. Devido à seu menor tamanho, nem todas as casas de repouso possuem a equipe ou estrutura necessária para atender os idosos com maior grau de dependência.

Já os residenciais para idosos possuem uma infraestrutura maior, atendendo em média de 50 à 300 idosos. Devido à seu maior tamanho, os residenciais geralmente possuem uma equipe completa e estrutura capaz de atender à todos os graus de dependência, inclusive idosos que necessitem de cuidado médico mais próximo.

Por sua vez, as clínicas geriátricas são opções de moradia com foco maior na área da saúde. Sendo assim, atendem idosos com grau de dependência elevado e possuem toda a infraestrutura e equipe médica necessária para tal. Seu tamanho é variado, mas se aproxima mais ao dos residenciais para idosos.

Quais os serviços oferecidos nas casas de repouso?

Além do serviço de moradia em si, as casas de repouso oferecem diversos serviços complementares de forma que a família não tenha que se preocupar com o dia-a-dia do idoso. Sendo assim, todas as atividades de vida diária (AVDs), como alimentação, serviços de limpeza e cuidado ao idoso estão incluídas no preço mensal pago pela família. Além disso, as casas de repouso tem o papel de ocupar os idosos durante o dia e, por isso, a maioria oferece uma rotina de atividades que estimulam aspectos físicos, motores e cognitivos de seus moradores. Em alguns casos, as casas de repouso podem oferecer serviços médicos de cuidado (administração de medicamentos injetáveis, sondas, etc.) quanto de reabilitação (fisioterapia).

Quais o benefícios das casas de repouso?

As famílias que optam por uma casa de repouso à escolhem por algumas razões. Normalmente, o principal motivo é o aumento na qualidade de envelhecimento do idoso, visto que as soluções de moradia garantem tudo àquilo que pode ser necessário para que o idoso viva com tranquilidade, incluindo assistência e cuidados com suas atividades de vida diária. Além disso, é uma opção que minimiza o isolamento social, um problema frequentemente encontrado. Isso por que às casas de repouso também fornecem um bom ambiente social ao idoso, que passa a realizar atividades e conviver em grupo com outras pessoas em situações similares.

Os membros da família também se beneficiam pela tranquilidade gerada ao saber que seu ente querido está sendo bem cuidado, além de não terem de se preocupar com tarefas do cuidado do dia-a-dia. Por fim, as casas de repouso também pode apresentar benefícios financeiros frente às outras soluções de moradia e às soluções de cuidado domiciliar, que podem se tornar muito caras quando o número de horas de cuidado diário é elevado.

Como é a rotina de uma casa de repouso?

Os dias em uma casa de repouso tendem a ser bastante parecidos e seguem uma rotina estabelecida pelos responsáveis pela instituição. O dia começa com os moradores acordando em seu horário habitual (que tende a variar de pessoa para pessoa) e tomando seu café da manhã. Na parte da manhã, é comum que os moradores façam atividades leves, como uma sessão de alongamento, tomem um banho de sol, participem de rodas de conversas, etc. Após o almoço parte dos moradores costuma sentar para assistir televisão enquanto os demais vão descansar. Durante o restante da tarde é comum que seja realizada uma atividade um pouco mais intensa, como aula de arte, de dança, jardinagem, fisioterapia, dentre outras. No fim do dia os moradores sentam para jantar e depois seguem para seus aposentos, onde podem ler um livro e depois dormir.

Quanto custa uma casa de repouso?

Os preços das casas de repouso variam muito de acordo com a sua infraestrutura, localização e outros aspectos importantes que devem ser levados em consideração na busca da família pela melhor solução. Nas casas de repouso mais simples, pode-se encontrar preços que variam de R$ 1.500,00 até R$ 3.000,00 por mês, mas a maioria das opções estão em uma faixa de preços superior, com uma média de cerca de R$ 5.000,00 por mês. Em lugares que contam com uma infraestrutura completa os preços para quartos individuais podem chegar aos R$ 10.000,00 por mês.