Perguntas Frequentes sobre Cuidadores de Idosos

Tire todas as suas dúvidas sobre cuidados domiciliares para seus pais idosos ou outro ente querido.

Com a grande maioria dos idosos preferindo envelhecer em suas próprias casas, o serviço de cuidadores de idosos é uma opção que vem sendo cada vez mais buscada por muitas famílias. Ao considerar suas alternativas para fornecer o cuidado que seu familiar idoso precisa, você pode ficar com algumas dúvidas. Aproveite deste artigo com as perguntas mais frequentes e tire todas as suas dúvidas sobre cuidados domiciliares para seus pais idosos.

5 perguntas frequentes sobre cuidadores de idosos

Que tipo de ajuda um cuidador profissional pode oferecer?

O principal objetivo dos cuidadores profissionais é de ajudar o idoso nas atividades da vida diária (AVDs), como tomar banho, se vestir, se alimentar, atividades sociais, dentre outras. Quando o idoso não possui uma empregada doméstica o cuidador também pode se responsabilizar pelo preparo das refeições.

Eventualmente, os cuidadores também podem auxiliar o idosos com o transporte, já que, de toda forma, faz parte dos serviços de um cuidador profissional acompanhar o idoso em atividades fora de seu domicílio, como ir ao supermercado, farmácia, consulta médica, etc.

Outra atividade importante dos cuidadores é na gestão dos medicamentos do idoso, desde que este seja ingerido por via oral. A gestão de outros tipos de medicamentos, como os injetáveis, deve ser feito por um profissional da área da saúde, como enfermeiros, e não pelo cuidador.

Qual o benefício do cuidado em domicílio?

Os idosos que podem envelhecer em suas próprias casas tendem a ser mais felizes e saudáveis. Mesmo que precisem de algum tipo de auxílio com suas AVDs, eles têm uma sensação de independência garantida pela autonomia de ficar no conforto de sua casa. Como membro da família, você também se beneficia pela tranquilidade de que seu ente querido está sendo bem cuidado, além do merecido descanso.

Com que frequência um cuidador vai à casa do idoso?

A frequência que um cuidador vai à casa de seu familiar idoso dependerá das necessidades do seu ente querido. No caso de idosos com um baixo grau de dependência, pode ser necessário apenas algumas horas de apoio por semana ou uma breve visita diária para ajudar com medicamentos ou refeições. Nesses casos, é normal que os cuidadores sejam requisitados para substituir algumas tarefas realizadas por um membro da família, de forma que o mesmo não fique sobrecarregado.

A frequência que um cuidador vai à casa do idoso aumenta conforme o grau de dependência do idoso cresce. Nesses casos, é normal que o idoso necessite de um turno completo de cuidado, todos os dias. Em casos ainda mais complexos, como quando o idoso possui Alzheimer, pode ser necessário monitoramento e serviços 24 horas por dia. Discuta as necessidades com seu familiar e procure sempre uma avaliação médica.

Como eu posso contratar um cuidador de idosos?

A contratação de um cuidador de idosos pode ser feita de duas formas: contratando um cuidador profissional diretamente ou contratando os serviços de uma agência de cuidadores.

Contratar um cuidador profissional diretamente tem algumas implicações, como a necessidade de se responsabilizar pelos aspectos jurídicos e financeiros da contratação, realizar a gestão e supervisão dos cuidadores e buscar alternativas quando o cuidador perde um turno ou desiste de trabalhar com a família. A principal vantagem é que o custo pode ser inferior ao de uma agência.

Já quando a família contrata os serviços de uma agência de cuidadores, a empresa será responsável pela alocação do profissional ideal para a família, cuidará de todos os aspectos jurídicos e financeiros e terá sempre a disposição uma equipe de suporte caso haja algum problema com o cuidador principal. Além disso a agência garante a qualificação dos profissionais e assume a maior parte das responsabilidades da família. Para escolher a agência ideal, entre em contato com nossos especialistas que fornecem assessoria gratuita para famílias .

Quanto custa o serviço de um cuidador de idosos?

Existem muitas variáveis que devem ser consideradas ao responder essa pergunta. O valor dependerá do tipo de serviços que seu familiar querido precisa, de quantas horas por dia um cuidador será requisitado e qual o período de contratação. Na média, agências de cuidadores no estado de São Paulo cobram um valor entre R$80,00 até R$150,00 para um plantão de 8 horas.

Navegue com a gente

Explore nossos materiais ou converse gratuitamente com nossos especialistas

Perguntas para se fazer para uma agência de cuidadores

Que tipo de serviços você oferece?

Todas as agências de cuidadores devem ser capazes de fornecer assistência ao idoso em suas atividades da vida diária. No entanto, se você também estiver buscando serviços de transporte é melhor verificar com a agência, pois a maior parte não oferece estes serviços. Agora, se o seu familiar também precisar de serviços médicos, como assistência com equipamentos médicos, administração de alimentos via sonda, dentre outros, certifique-se de que a agência também conta com uma equipe de profissionais da saúde, como enfermeiros, e atende no modelo de home care.

Seus cuidadores são certificados?

A legislação brasileira ainda não exige licença profissional para cuidadores, sendo assim, a melhor forma de garantir a qualidade dos serviços oferecidos é por meio de certificados de cursos de treinamento. Um dos benefícios de se trabalhar com uma agência é saber que seu cuidador foi avaliado profissionalmente e possui a qualificação necessária para efetuar os serviços necessários, mas de qualquer forma, vale a pena certificar-se disso.

Qual o regime de trabalho que você utiliza na contratação dos cuidadores?

Algumas agências trabalham com funcionários contratados sob regime CLT enquanto outras contam com parceiros que são sub-contratados como pessoa jurídica, ou uma mistura dos dois. Para os seus cuidadores regulares, o ideal é que sejam contratados sob regime CLT, pois além de garantir maior segurança jurídica para a família, a rotatividade dos cuidadores é menor. No entanto, é normal que a empresa conte com uma rede de parceiros para conseguirem cobrir eventuais imprevistos que podem ocorrer com seu cuidador regular.

Como você avalia seus cuidadores na hora da contratação?

Ao buscar por um cuidador profissional, você pode estar estabelecendo um relacionamento de longo prazo com alguém que estará constantemente na casa do seu familiar idoso. Com isso em vista, é importante saber como que a agência avalia seus cuidadores na hora da contratação, bem como se ela continuará envolvida avaliando ao longo do tempo.

Você oferece algum tipo de treinamento aos seus cuidadores?

Sua agência deve garantir que todos os cuidadores atendam aos requisitos mínimos de qualidade de serviço. Além disso, é importante levar em consideração se os cuidadores estão sendo constantemente treinados, por isso pergunte se algum tipo de treinamento contínuo é fornecido. Isso é ainda mais importante caso o seu familiar idoso possua alguma dificuldade especial, como algum tipo de demência.

É o mesmo cuidador que virá à casa do idoso todos os dias?

Os idosos têm preferência por receberem cuidados de pessoas com quem se sentem à vontade, de forma que uma mudança frequente no cuidador pode gerar problemas. Além disso, eles podem se tornar muito apegados a seus cuidadores devido à natureza íntima de seu relacionamento. Certifique-se de que o modus operandi de sua agência é de encontrar o cuidador ideal e de que depois esse relacionamento será mantido. Agora, se o idoso precisa de cuidados 24 horas por dia, você terá que providenciar uma equipe de cuidadores.

Quem tem a palavra final na escolha do cuidador?

As agência de cuidadores fazem o possível para encontrar o cuidador ideal para seu familiar querido. Isso requer que o cuidador possua não apenas as características compatíveis com as necessidades do idoso, bem como uma avaliação da personalidade de ambas as partes. Agora, é importante que todas as partes estejam envolvidas na decisão final: você e seu familiar idoso. De toda forma, se você não estiver satisfeito com o cuidador escolhido, a agência deve estar disposta a fazer as alterações que forem solicitadas.

E se após um certo tempo o idoso não estiver satisfeito com seu cuidador?

A agência deve estar preparada para substituir o cuidador caso você solicite. No entanto, algumas agências podem ser menos flexíveis que outras neste sentido, portanto certifique-se como a agência opera e o que ela faz nesses casos. Dito isso, principalmente quando o idoso está recebendo serviços de um cuidador profissional pela primeira vez, os idosos podem se tornar questionadores e se irritam facilmente, mesmo que o cuidador não tenha feito nada de errado. Nesses casos, é importante pedir que o responsável da agência converse com o cuidador e forneça uma explicação detalhada sobre a situação.